Prefeito de Presidente Sarney acaba com o sonho de 250 famílias

Você já ouviu falar em PNHR? Independente de sua resposta vou resumir o que significa:

PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO RURAL (PNHR) é um programa do Governo Federal que através do Ministério das Cidades via Caixa Econômica Federal, concede subsídios, com recursos do OGU (Orçamento Geral da União), aos agricultores familiares, organizados sob a forma coletiva, por meio de uma Entidade Organizadora, para produção de unidade habitacional em área rural. Em outras palavras: casas para população carente da zona rural.Modelo 02 - Fachada

 

Prefeito EDSON CHAGAS do PMDB

Prefeito EDSON CHAGAS do PMDB

Depois de um longo e desgastante trabalho realizado na zona rural do município de Presidente Sarney, O INAPEM (Instituto Nacional de Administração, Projetos e Estudos Municipais), Entidade Organizadora, concluiu todo processo de cadastramento das comunidades de Três Furos e Tabocal, foram mais de 250 famílias cadastradas e aptas a receberem suas moradias, faltando apenas à assinatura do prefeito Edson Chagas do PMDB nas declarações de posseiros de boa fé, documento que atesta que as terras onde seriam construídas as casa, pertencem aos seus moradores, foi ai que o sonho desse povo humilde que tanto sonhou com sua casa nova se transformou em pesadelo, pois o prefeito Edson Chagas se recusou a assinar às declarações alegando que teria que fazer uma pesquisa para saber se realmente as terras pertenciam ao município, pesquisa esta que levaria anos para ser concluído, mais segundo o técnico do INAPEM responsável pelo projeto, Ferraz Filho, essa pesquisa seria totalmente desnecessária pois é óbvio que as terras onde foram colhidos os dados dos moradores, pertenceriam sim ao município de Presidente Sarney, a questão foi política mesmo, pois o prefeito já teria assinado declarações de outros povoados, o caso é que por se tratar da comunidade de Três Furos, reduto do vereador Raimundinho de Geni do PV, que teria rompido com o prefeito. Ferraz Filho disse ainda que esse projeto não se trata de uma questão partidária e sim uma ação do Governo Federal no combate a pobreza que beneficiaria esses povoados e se o prefeito tivesse alguma responsabilidade com aquele povo assinaria os documentos e teria o reconhecimento daqueles que o elegeram.

Caso bem semelhante aconteceu no município de Santa Helena onde o prefeito Lobato do PPS também se recusou a assinar as declarações de todos os povoados cadastrados no programa, mais com o empenho e persistência do técnico Ferraz Filho junto ao presidente da câmara de vereadores de Santa Helena o vereador Marcelo Marques do DEM, que assinou as devidas declarações.

Pena que não houve tempo o suficiente ao povo de Presidente Sarney para fazermos as alterações necessárias nas declarações para que o presidente da câmara de vereadores de Presidente Sarney assinar, pois assim como em Santa Helena o presidente da câmara, por intermédio do poder judiciário, na ausência do prefeito, teria poderes de assiná-las; disse Ferraz Filho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s